sexta-feira, 4 de junho de 2010

Aberta a temporada de caça......... à Malu!!!

Pois é, sumi mesmo....

O fato é que, de uns tempos para cá, parece que foi aberta a temporada de caça à minha filha!!! Quem manda ser gostosa, cheirosa e fofinha!! (já até vejo ela falando:- Ain mãe, que ridíííííículo!!) hehe

Ok, ok, eu sei que mordidas nessa fase são inevitáveis(?), eu até compreendo. Tem toda aquela coisa da criança estar conhecendo o mundo com a boca (e com os dentes, certo?), que ela ainda experimenta o outro como um boneco, não controla seus desejos, sejam eles de raiva ou amor, e tudo o mais.

O fato é que, fora as milhares de marcas roxas, tão carinhosamente dedicada à MINHA FILHA, dessa vez a coisa estrapolou um pouquinho. Malu voltou com uma ferida, e não com uma marquinha "carinhosa" de dentes subdesenvolvidos. Ferida mesmo, daquela que faz casquinha e tudo!!E ai não tem coração de mãe que resista, fiquei tão arrasada..... Mas bola para frente, ela mesma nem liga muito (só na hora, né?!) e faz parte do processo de fazer amigos, a gente mesmo leva umas "mordidinhas" dos nossos amigos de vez em quando e sobrevive, né mesmo?

Mas não, a temporada de caça não para por ai!!!Também teve um empurrãozinho da mamãe aqui para Malu figurar no topo das mais procuradas!

No último fim de semana meu marido viajou e ficamos só nós duas em casa. Tudo correndo as mil maravilhas até que....Eu fiquei louca de vontade de dar uma olhadinha no que rolava aqui, pelo mundo cibernético, e liguei o computador. Claro que Malu detestou perder sua parceira de coreografias do Cocoricó e veio "gentilmente" me chamando com um "Mãmããããããããnhê!!!!!!". Resolvi colocar ela em pé na cadeira do lado (ATENÇÃO MAMÃES: O MINISTÉRIO DO BOM SENSO ADVERTE ESTA ATITUDE!!!), deixar ela brincar com o outro computador enquanto eu tinha meus preciosos 2 minutos de paz. E então: CAPUFT!!!! (ai, sou péssima em efeitos sonoros). Por sorte, catei ela no meio da queda, mas não a tempo de evitar que o queixo batesse na mesa. Comecei a consolá-la com um não foi nada até que vejo sangue, muito sangue, tipo "Sexta-feira 13"!! A bichinha berrava, cuspia sangue e eu tentava não desmaiar e socorrer a pequena.

Resultado: Os dois dentões da frente cortaram o lábio, que também ficou roxo, não só pelo efeito da batida, mas também pelo excesso de picolé de uva que eu dei para ela a fim de estancar o sangue... e a culpa!!!

Ela ficou assim:



Passado o drama do fim de semana, eis que na segunda-feira vou buscar minha gatinha na escola e descubro que no meio de uma descida ninja de escorrega Malu caiu de cara e ralou o nariz e a testa. Pior que, como ela não chorou, e continuou a atitude suspeita no escorrega, a professora ficou na dúvida se o ralado tinha acontecido quando ela abriu a boca ou se tinha sido resultado mal sucedido da aterrisagem forçada no escorrega.

Putz, a menina já tá num ponto em que nem se sabe mais de qual situação vem cada marca!!!!! E eu que pensava que ela ainda era um bebê.... ai, ai, ai.

Olha ai o resultado da aterrisagem:




O mais curioso disso tudo é a certeza de que Malu agora é uma menina, ok, uma menina que usa fraldas e fala enrolado, mas uma MENINOCA!!!!

12 comentários:

Bia disse...

É inevitável mesmooooo!!!!Toda criança feliz e saudavel apronta e se machuca!!!E é claro que ela tbm é irresistivel..dá vontade de morder e apertar!!!!!

Marcella Nathaly disse...

hahaha
Olá, Gabriela! Passei por aqui de novo!
Vendo as fotos de Malu só penso quando a minha Ana Luiza começar com isso. Do jeito que é braba, vai querer fazer tudo sozinha e tome queda! =D
E Malu aí, acidentada, mas tocando violão! Vê se pode! rsrsrs

Beijão!

Mãe Mochileira,filho malinha.. disse...

Oiiii!! estava sumidinha mesmo einh!! ainda bem que voltou!!! meninaaaa..ela ta igual a boneca Emilia: só vive remendada!!;-)
hehehe..mas faz parte..e vc foi muito corajpsa..se fosse eu a ver esse sangue no meu filho eu acho que tinha desmaiado..
:-0
certezaaaa....
bjs,otimo fim de semana!!

Karliana disse...

Com certeza é uma menina,somente uma menina levada,sadia e lindaaa
parabéns
bjss

Andrea Bettiati disse...

oi Gabi, tudo bem??? entrei aqui por acaso e adorei....vou te seguir ta? tb tenho um blog...se tiver um tempinho, da uma olhadinha la....mas dessa vez segura BEM a lindinha no colinho ta????....beijos ...

Anônimo disse...

Doi no coração de mãe e de avó, mas faz parte do amadurecimento, não só da Malu como de todos que a cercam.
Quem derá que tivessemos o poder de proteger nossos amados das duras quedas e escorregoes da vida. Somos tão impotentes, mas podemos estar sempre ao lado para consolá-los e curá-los desses acidentes.
bjs
Vovó

Chris Ferreira disse...

OI Gabriela,
obrigada pela visita.
Adorei o seu blog, já sou seguidora e também vou colocar o link lá no meu, assim posso voltar sempre.
A minha Sofia ´vive com as canelas roxas e os joelhos machucados. Isso para mim mostra que ela é uma criança que está crescendo feliz, bincando, aprontando como uma menina saudável.
beijos
Chris
http://inventandocomamamae.blogspot.com/

Claudia disse...

Oi Gabriela
Vi vc nos blogs de amigas queridas e vim te conhecer.
A Malu é linda! Parabens!
Vou te seguir tbe.
Bjks

Ser mãe é viver constantemente feliz! disse...

ai que dózinha dela!!!!! Mas acredito que seja normal, ainda vai acontecer muito esse tipo de coisa e nós precisamos sempre estar por perto pra ajudar né? bjs

Ju Dalzoto disse...

Oi Gabriela!!!

Conheci seu blog no Lulu não dorme e passei aqui pra te visitar!!! Adorei ler os posts, a maneira como vc descreve as situações do dia-a-dia, e principalmente, o nome do blog! Perfeito!!

A Malu é linda!! E muito esperta tb, pelo que vc conta!

Estou te seguindo agora, ok?!
Bjokinhas ;)

Camila disse...

Tem dias que são verdadeiros desastres, né?! Estou tendo um assim tbem... O bom é q eles levantam rapidinho e já estão prontos para o próximo tombo, corte, machucado, pancada e etc. E mais um susto para as pobres das mães...
Bjos,
Camila
www.mamaetaocupada.blogspot.com

Anônimo disse...

É inevitável. Minha mãe era tão mega hiper ultra super protetora q quase não me deixava cair, subir em árvores e etc. Eu não tenho uma cicatriz de que eu caí, esbarrei e sei la o q. Hj sou bastante medrosa para enfrentar não só um tombo, ou altura. Mas para enfrentar a vida.

Relaxa. Vai dar tudo certo.
bjs, Rebeca:)